SINDICATO DOS RADIALISTAS DO PIAUÍ DENUNCIA DEMISSÕES IRREGULARES NA FUNDAÇÃO ANTARES
30/04/2017 - 20h14 em NOTÍCIAS LOCAIS

O governador Wellington Dias (PT) sancionou a lei de nº 6.973, de 11 de abril, que trata sobre contratação de pessoal por tempo determinado para atender de forma emergencial os serviços na Fundação Antares.

Wellington Dias havia encaminhado o projeto de lei para a Assembléia Legislativa do Piauí (Alepi) alegando que até que seja realizado um concurso público, existe a necessidade de manter servidores contratados de forma temporária para que as atividades não parassem. A Fundação Antares é de responsabilidade do governo é de suma importância para a divulgação, por meio rádio e televisão, das ações do governo e do Projeto Canal da Educação.


A lei sancionada permite a renovação da contratação temporária, ou seja, que isso aconteça antes do fim dos dois anos do encerramento do seu atual contrato. Isso só será permitido através de autorização do governador Wellington Dias.


Dessa forma, os contratos temporários celebrados pela Fundação Antares, em vigor no mês de abril de 2016, serão prorrogados emergencialmente até realização de concurso público ou nova contratação temporária, limitada essa prorrogação por um prazo de 24 meses.

Acontece que nas entrelinhas a direção da Fundação Antares está demitindo sem o aval do governador os  funcionários que foram beneficiados com a renovação dos contratos, que se encerra no dia 01 DE ABRIL 2019.

Será realmente que o governador e a Alepi não sabem das demissões ou a direção da Antares está fazendo de propósito para beneficiar políticos ligados ao presidente da Fundação Antares?

O Sindicato dos Radialistas está ciente das demissões e já está tomando as devidas providências cabíveis para que cessem as demissões na Fundação Antares.

Sindicato é Coisa SÉRIA !

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!